Guia cultural e empresarial

Partilhar alimentação, partilhar negócios

Introdução

A etiqueta à mesa tem um lugar importante nos costumes Chineses, pois os Chineses acreditam que jantar não é apenas um modo de satisfazer necessidades físicas básicas, mas também a mais importante experiência social Chinesa.

Pauzinhos tradicionais

Os pauzinhos são os principais talheres Chineses. Existem algumas regras a seguir quando se utilizam pauzinhos. Em primeiro lugar quando estiver à mesa com o diretor da empresa Chinesa ou pessoas mais velhas, sempre que um prato novo for servido deixe-os ter a honra de se servirem primeiro. Este é um modo de demonstrar o seu respeito (ou reconhecer a sua importância).

Quando se servir, deve primeiro descobrir visualmente que pedaço de alimento quer tirar do prato (normalmente a mais próxima). Depois quando utilizar os pauzinhos para pegar nesse alimento, tente evitar tocar/virar/remexer noutros alimentos no mesmo prato.

Se possível, utilize os pauzinhos e colheres de servir ao invés dos seus. Após ter comido ou tirado comida do prato, coloque sempre os seus pauzinhos pessoais ou públicos no suporte de pauzinhos.

Para além do mais, é uma boa ideia deixar os alimentos repousarem na sua taça por algum tempo antes de comer. Assim dará aos outros convidados a impressão que não tem pressa em ter alimentos e que não tem muita fome.

Adicionalmente, pegar na taça do arroz junto aos seus lábios e utilizar os pauzinhos para empurrar o arroz para a sua boca (este é o método mais fácil de comer, mesmo para os Chineses) demonstra ao anfitrião que gosta da refeição!

Algo que deve evitar é brincar com os pauzinhos. Adicionalmente, algumas práticas, como utilizar os pauzinhos como baquetas, para apontar às pessoas ou como gestos manuais são considerados extremamente rudes. Furar o arroz com os pauzinhos é ainda pior: parece que os pratos são deixados para os mortos pois esta visão é semelhante aos queimadores de incenso preparados para um funeral, o que pode ser visto como má sorte para os Chineses!

A última dica é que os pauzinhos devem ser utilizados apenas para servir e comer, para nada mais (palitar os dentes, mexer no nariz, furar a comida ou bater na sua taça de arroz para fazer barulho)!

Etiqueta a beber numa mesa Chinesa formal

Um jantar formal normalmente dura entre três e cinco horas, considerando que tem que esperar que todos os convidados cheguem e que o evento não começa sem que todos apareçam. Tendo isto em consideração, antes do evento iniciar pode ter que esperar por alguém que se irá atrasar.

Assim que todos estiverem sentados, o anfitrião pode finalmente fazer as introduções e brindes.

Um banquete ao estilo Chinês (e uma refeição Chinesa formal apropriada) inclui alguns pratos frios para estimular o apetite no início, seguido de uma taça de sopa quente que é servida para ajudar a aumentar a temperatura corporal dos presentes. Após a sopa quente, a degustação de pratos começa, sendo que um dos pratos tem que ser picante (para equilibrar o paladar), pois os pratos picantes com arroz simples tornam os restantes suaves e fragrantes.

Considerando que os Chineses acreditam que os números pares (excetuando o quatro) dão sorte, o número de pratos pode variar entre dezasseis e sessenta e quatro (e cento e vinte e oito para um festim ao estilo imperial) para um banquete de luxo e seis a doze para um banquete normal. Portanto não é difícil perceber porque um jantar formal Chinês seja um evento social tão longo. A sobremesa é a parte final da refeição. Na Chinas as sobremesas podem ser em forma de sopa, tais como areia de feijões vermelhos, pasta de sésamo, tofu de amêndoas, etc. Claro que existem outros tipos de sobremesas com influências ocidentais, tais como pudins, panquecas, gelado ou simplesmente fruta fresca da época.

A estratégia de comer é provar (comer uma pequena porção) de todos os pratos que são servidos. Considerando que os pratos Chineses têm as suas próprias características, deve prová-los individualmente. Para tal, é uma boa ideia ter cada prato na sua taça, um de cada vez com arroz, para não misturar os aromas e sabores. Não se esqueça de congratular o anfitrião pela refeição.

Durante a refeição, deve manter ambas as mãos encima da mesa. O seu ritmo de comer deve estar sincronizado com o do anfitrião (nem mais rápido nem mais lento). Fumar não é normalmente permitido mesmo que tenha o consentimento dos seus vizinhos. A melhor prática é sair do restaurante para fumar se tiver mesmo que o fazer.

Se tem alguma alergia alimentar, escreva num pape l 我对 xxxx 过敏 Wo dui xxxx guo min (Sou alérgico a algo). Lembre-se de manter sempre consigo esta informação e antes da refeição (assim que possível) deve informar o anfitrião. Deste modo, poderá ser solicitada a sua refeição ou bebida sem os ingredientes a que é alérgico/a. Esta disposição é necessária para que os seus anfitriões o possam solicitar e evitar situações constrangedoras ou prejudiciais na refeição que está a ser servida.

Bebidas numa festa Chinesa

Durante uma festa, o anfitrião Chinês tem um papel muito proactivo e é o seu dever incitar que os convidados comam e bebam livremente, como tal é normal que o anfitrião sirva pessoalmente alimentos e bebidas aos convidados. O anfitrião gira sempre o tabuleiro de madeira ou vidro na mesa e encarrega-se da grande maioria dos convidados assegurando-se que todos os pratos e bebidas são facilmente alcançáveis.

Uma refeição Chinesa sem chá não é uma refeição formal Chinesa, pois os Chineses acreditam que o chá é a bebida mais refrescante e, especialmente para uma festa, o chá ajuda a digerir a gordura. Para que o bule seja cheio, os convidados apenas têm que tirar a tampa e colocá-la no cimo do bule para mostrar que este está vazio.

Existe uma ordem ao servir o chá, que segue idade e género, começando na pessoa mais velha e terminando na mais nova, primeiro as mulheres e depois os homens. Se se servir de chá deve vertê-lo para a sua chávena (a quantidade máxima recomendada é aproximadamente 80% da capacidade da chávena). Por outro lado, se alguém o/a servir de chá, pode bater ligeiramente na chávena, para demonstrar a sua gratidão com a pessoa que o/a está a servir.

Na China dizem sempre 无酒不成席 Wu Jiu Bu Cheng Xi, o que significa que uma festa não é uma festa sem Baijiu 白酒 (licor alcoólico forte). Existem algumas dicas que deve sempre saber em relação aos brindes Chineses que são:

  • Em primeiro lugar, evite beber álcool com o estômago vazio. Para o fazer é uma boa ideia comer alguma coisa antes da festa começar;
  • Durante a primeira parte da festa deve esperar que o anfitrião e a equipa façam os brindes (deve apenas receber brindes);

Depois, durante a segunda metade da festa, se estiver pronto para tal, pode retribuir os brindes ao seu anfitrião com comentários breves e sinceros e deve se manter no seu lugar durante a ronda de brindes (o que é o oposto do comportamento Chinês: vaguear pela mesa enquanto se faz brindes).

A última dica é que não importa que tipo de bebida seja servido (chá, alcoólica ou não alcoólica) lembre-se da regra Chinesa de servir primeiros os outros e a si próprio/a no final.

Não se surpreenda que na China para indicar que a festa terminou, o anfitrião simplesmente se levante e se coloque perto da entrada para despedir-se dos seus convidados. Este é um modo decisivo e útil para os Chineses terminarem a ocasião e indica que nenhum convidado deve sair da festa antes do anfitrião.

Concluindo, deve saber que a etiqueta à mesa Chinesa são decisiva para algumas ocasiões formais criticas, o conhecimento e prática de cortesia geral o/a ajudarão a relaxar, evitar embaraços e a focar-se no que realmente é importante para si!

Ligações externas

Project 2014-1-PL01-KA200-003591